Pular para o conteúdo principal
Preciso admitir, sou muito irônica, e grossa as vezes, um pouco meiga de vez em quando. Gosto do meu lado apaixonada, mas quase nunca aparece. E meu lado safado chega a me assustar. Protetora e ciumenta ao extremo. Tenho um gênio difícil e
um temperamento forte. As vezes sou barraqueira, outras, calma até demais. Dura como uma pedra e frágil como um vidro. Um poço de orgulho, e mais conhecida como a rainha do drama, essa sou eu. E sabe o que mais me assusta? Ainda tem gente que gosta.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vejo a lua na janela

Vejo a lua na janela
Olho o espaço, e nada
Pois o escuro não sabe
Se ela procura apenas
uma morada
Noite...
Oh! que noite bela!
O luar esta clareando...
À janela estou debruçada
Pensando somente nele...
Nele que o sol encobre
Nele que agente descobre
Um luar, uma fonte
Uma lua surgindo no horizonte.